Autor Tópico: Senado aprova doação de alimentos em estoque a outros países  (Lida 1856 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Alassë

  • Administrador
  • ******
  • Mensagens: 3458
  • Avaliação de posts: +44/-16
  • Sexo: Feminino
  • Imagine
Senado aprova doação de alimentos em estoque a outros países

Citação de: TerraNotícias
O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira a medida provisória que autoriza o Poder Executivo a doar estoques públicos de alimentos para assistência humanitária internacional. Os alimentos a serem doados são arroz (até 500 mil t), feijão (até 100 mil t), milho (até 100 mil t), leite em pó (até 10 mil t) e sementes de hortaliças (até 1 t). As informações são da Agência Senado.



Ok, não sou entendida de nada, mas vocês não acham que nosso país tem famintos o suficiente para pensarmos em doar estoques para outros países? É uma pergunta sincera.

Eu sou sempre super a favor de doações, ajuda, etc. a quem está necessitado, seja um país pobre ou um rico passando por desastres ou outras situações imprevisíveis. MÃS, não poderiam, aqui, antes de pensarem nos outros (não que esteja errado), pensarem nos mais próximos - literalmente -?

Offline Idril

  • Administrador
  • ******
  • Mensagens: 5945
  • Avaliação de posts: +65535/-42314
  • Sexo: Feminino
    • Eu mesma!
Re: Senado aprova doação de alimentos em estoque a outros países
« Responder #1 em: Junho 03, 2011, 01:09:13 »
Primeiro arruma-se a casa. Depois o quintal.

Porém, dizer "Não" a causar humanitárias externas é tomado como anti diplomático, não é bem visto. Logo, resolveram fazer isso.

Sei lá. Acho que poderiam fazer isso sim, mas não se esquecer da quantidade de gente faminta que temos em nossa pátria amada.
EU SOU RICAAAAAAAAAAAAA!!!
:eusourica:

Offline Alassë

  • Administrador
  • ******
  • Mensagens: 3458
  • Avaliação de posts: +44/-16
  • Sexo: Feminino
  • Imagine
Re: Senado aprova doação de alimentos em estoque a outros países
« Responder #2 em: Junho 03, 2011, 01:25:01 »
Primeiro arruma-se a casa. Depois o quintal.

Porém, dizer "Não" a causar humanitárias externas é tomado como anti diplomático, não é bem visto. Logo, resolveram fazer isso.

Sei lá. Acho que poderiam fazer isso sim, mas não se esquecer da quantidade de gente faminta que temos em nossa pátria amada.

Podiam fazer meio a meio, ao menos. Como eu disse, acho muito importante a preocupação com os outros, mas guardadas as devidas proporções, seria como se a Etiópia resolvesse doar comida pro Sudão. Tem que ver o que tá acontecendo aqui dentro antes de pensar lá fora, não tem jeito.