Autor Tópico: [Esportes][F1] Temporada 2007  (Lida 2011 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Idril

  • Administrador
  • ******
  • Mensagens: 5945
  • Avaliação de posts: +65535/-42314
  • Sexo: Feminino
    • Eu mesma!
[Esportes][F1] Temporada 2007
« em: Março 19, 2007, 02:26:05 »
:arrow: Calendário:

18/03, 00:00 - Austrália (Circuito de Albert Park, Melbourne)
08/04 - Malásia (Circuito Internacional de Sepang)
15/04 - Bahrein (Circuito Internacional de Bahrein)
13/05 - Espanha (Circuito da Catalunha)
27/05 - Mônaco (Ruas de Monte Carlo)
10/06 - Canadá (Gilles Villeneuve)
17/06 - EUA (Indianápolis Motor Speedway)
01/07 - França ( Circuito de Nervers, mais conhecido como Magny Cours)
08/07 - Grã Bretanha (Silverstone)
22/07 - Alemanha (Nurburgring)
05/08 - Hungria (Hungaroring)
26/08 - Turquia (Circuito de Istambul, Istambul, claro)
09/09 - Itália (Autodromo Nazionale di Monza)
16/09 - Bélgica (Circuit National de Francorchamps, mais conhecido como Spa-Francorchamps)
30/09 - Japão (Suzuka International Racing Course)
07/10 - China (Circuito Internacional de Shanghai, Shangai doh!)
21/10 - Brasil (Autódromo José Carlos Pace, mais conhecido como Autódromo de Interlagos, São Paulo)

:arrow: Equipes e Pilotos

BMW Sauber: Nick Heidfeld (ALE) e Robert Kubica (POL).
Ferrari: Felipe Massa (BRA) e Kimi Haikkonen (FIN).
Honda: Jason Button (ING) e Rúbens Barrichello (BRA).
McLaren Mercedes: Fernando Alonso (ESP) e Lewis Hamilton (ING).
Red Bull (motor Renault): David Coulthard (ESC) e Mark Webber (AUS).
Renault: Giancarlo Fisichela (ITA) e Heikki Kovalainen (FIN).
Spyker (motor Ferrari 056H): Christijan Albers (HOL) e Adrian Sutil (ALE).
Super Aguri (motor Honda RA106): Takuma Sato (JAP) e Anthony Davidson (ING).
Toro Rosso (motor Cosworth): Vitantonio Liuzzi (ITA) e Scott Speed (EUA).
Toyota (motor RVX-07 ): Jarno Trulli (ITA) e Ralf Schumacher (ALE).
Williams (motor Toyota FW29): Nico Rosberg (ALE) e Alexander Wurz (AUT).

Mais detalhes em: http://esporte.uol.com.br/f1/2007/equipes.jhtm


:arrow: Aonde acompanhar F1 fora da SdP

UOL
The Official Formula 1 Web Site
F1 na Web
Globo Esporte, Seção de Formula 1 da categoria Esporte a Motor
« Última modificação: Março 22, 2008, 10:43:18 por Proview »
EU SOU RICAAAAAAAAAAAAA!!!
:eusourica:

Offline Idril

  • Administrador
  • ******
  • Mensagens: 5945
  • Avaliação de posts: +65535/-42314
  • Sexo: Feminino
    • Eu mesma!
Re: Fórmula 1 - Temporada 2007
« Responder #1 em: Março 19, 2007, 02:27:09 »
1 - GP da Austrália - Melbourne, 18 de Março

Faziam dois anos que eu não ficava acordada de madrugada pra assistir um GP de Fórmula 1 na Austrália (no Japão, então, nem se fala... faz mais tempo ainda). Como eu ando bem entusiasmada com a aposentadoria do Schumacher, o que deu muito mais emoção a F1 (não tinha graça nenhuma ver as corridas e saber que só daria Schumacher o tmpo todo), e com a enorme probabilidade do Felipe Massa ser campeão, resolvi que neste ano vou acompanhar com grande afinco a Fórmula 1 - sim, eu não acompanho um GP assim desde a terceira ou quarta temporada do Rubinho Barrichello na Ferrari.

Falando sobre o que vi no GP da Austrália e deixando o papo-furado de lado. Foi uma corrida muito boa, muito gostosa de se assistir, com boas disputas por posições, alguns "chega pra lá", novatos mostrando todo o potencial e com algumas bizarrices típicas de pilotos que, IMHO, estão mais na Fórmula 1 pra fazer cagadas do que pra pilotar.

A nova regra sobre a troca de pneus (a tal alternância entre pneus moles e duros) me chamou a atenção e promete um troca-troca de posições nos GP's seguintes. Pra quem não sacou ainda que diferença isso trará: de repente, fulano de tal está indo suuuuuper bem utilizando pneus duros e, no próximo Pit Stop, é obrigado a colocar pneus moles, o que muito provavelmente oderá piorar o seu desempenho ou, quem sabe, melhorar um pouco mais. :)

Equipes

Já deu pra sentir que a Sauber BMW vai dar trabalho pra Ferrari, McLaren e Renault. Desde que a BMW comprou a Sauber (isso em 2005), muitas coisas mudaram pra melhor dentro da equipe (antes a Sauber recebia motores Ferrari, geralmente os utilizados na temporada anterior, mas mesmo assim víamos que os carros mais quebravam e ficavam entre os últimos devido fatores de aerodinâmica e, talvez, de pilotos também).

A Honda, embora ainda esteja aquém do fuzuê causado no anúncio da sua volta ao mundo da Fórmula 1 (no ano passado), mostrou um bom serviço em Melbourne. Ok, Jason Button só fez merda e atrapalhou meio mundo com toda a lentidão do seu carro e da sua própria pessoa, mas Rúbens Barrichello foi muito bem pro tanto que eu esperava que ele fosse quebrar no meio da corrida, terminando na 11ª posição e andando mais rápido que o Felipe Massa quando estes dois estavam atrás  de Jason Button, bem como após ambos terem ultrapassado o inglês.

A Ferrari tá boa e, de certa forma, tá me fazendo lembrar daquela época em que Senna e Prost, dois pilotos míticos e inigualáveis, dividiam o ego e as pistas cada um a bordo de uma McLaren. Obviamente que existem grandes diferenças entre Massa/Haikonnen e Senna/Prost, como o temperamento que cada dupla tinha fora e dentro das pistas, o status que cada um tinha na época, bem como o estilo de piltotagem (embora eu ache que o Massa ainda tem um pouco do estilo agressivo do Senna, coisa esta que foi muito vista na época em que ele corria pela Sauber). Mas os motivos por tal comporação da minha parte são bem simples de serem entendidos e revividos na memória de todos que pegaram a época de Ayrton Senna e Alan Prost na McLaren: temos dois pilotos suficientemente bons e com uma imagem muito boa perante a mídia quanto as suas qualidades técnicas como pilotos de F1, além de serem dois grandes favoritos a disputa do título eestarem na mesma equipe.

Há quem vá discordar da comparação acima e falar que a dupla da Ferrari mais embra Mansell e Patrese, na Williams de 1992. Eu já discordo desta comparação pelo fato do Patrese não ter sido favorito ao título de 1992 e pelo fato do Mansell ser disparado o piloto número 1 da equipe inglesa. Pra mim, a dupla da Williams de 1992 mais se assemelha aquela outra infame que a Ferrari teve: Shcumacher/Rubinho. E nesta temporada, por enquanto não vi nenhuma equipe que possua uma dupla pra ser comparada a Mansell e Patrese; Alonso e Hamilton definitivamente também não, pois temos um bi-campeão e um novato numa mesma equipe, ambos com grande potencial e capacidade de ganharem o título neste ano.

Já que acabei caindo no assunto "McLaren", parece que neste ano a coisa vai pra frente. Eles tem Alonso e Hamilton, o novato que promete e muito nesta temporada. A disputa do título de pilotos e construtores vai ficar entre McLaren e Ferrari muito provavelmente, com uma chance muito boa da Renault aparecer pra atrapalhar a monotonia da hegemonia dessas duas equipes "again". Ah sim, e a BMW Sauber, conforme eu já disse,  pode nos surpreender também!


Pilotos

Não vou falar de todos, obviamente. Só irei citar aqueles que mereem algum destaque.

:arrow: Haikonnen: Largou e correu bem, embora eu o ache meio sem sal nas corridas. Disparou lá na frente, só perdeu e ganhou posições com os seus pit stop, bem como com o dos adversários. Quase colocou tudo a perder ao dar uma pequena escapadinha na pista, perto das voltas finais. Nota: 8,5

:arrow: Alonso: Achei o espanhol meio tímido nesta corrida. Ou ele ainda está sentindo toda a força da nova McLaren ou a McLaren deste ano não é lá tudo aqilo que dizem. Ou quem sabe, os pneus não ajudaram muito! Nota: 7,5

:arrow: Hamilton: O novato inglês é fã de Senna e não sei se a cor do capacete remete a essa idolatria - mas que o capacete é bonito, isso é! Fez uma oa estréia e roubou a cena da vitória de Haikonnen, IMO. Deu algumas escapadas pequenas, mas nada que tire o brilho do seu rimeiro pródio na Fórmula 1 - e logo como estreante! Nota: 9,0

:arrow: Heidfeld: Não prestei muita atenção nele graças a transmissão, que tinha horas qe sismava em mostrar disputas entre os últimos colocados, a mostrar o Haikkonen ou sei lá o que. Nota: Um 8,0 pela colocação.

:arrow: Fisichella: Deu um "chega pra lá" no compatritoa Iarno Trulli, da Toyota, ao sair dos boxes. Fez uma corrida bem típica dele, andando alí nas osições anteriores ao pódio, sem errar e sem ameaçar quem está na frente - mas dificultando a vida de quem vinha atrás. Nota: 7,0

:arrow: Massa: Fez uma corrida impecável. Fez algo que poucos fizeram: saiu da última posição pra figurar na zona de pontuação, ou melhor ainda, entre os seis primeiros colocados. Provavelmente, se ele freasse menos bruscamente em curvas importantes, teria conseguido uma quarta colocação (e teria passado Barrichello e Button quando estes estavam lá na área da 12ª posição). Se ele pisasse mais no acelerador, isso também poderia ter acontecido, mas em estréia numa temporada no qual você é o favorito ao lado do parceiro de equipe, a prudência que ele adotou foi muito bem-vinda e não o prejudicou no grid de forma alguma. Nota: 8,5

:arrow: Kovalainnen: Só fez caca. Devia estar dormindo enquanto dirigia sua Renault. Mas até que conseguiu segurar três pilotos atrás dele, entre eles, Felipe Massa. Nota: 6,0

:arrow: Barrichello: Fez o que podia com sua Honda e, mesmo assim, foi um pouquinho além disso. Desbancou o queridinho da Honda, Jason Button, e terminou em 11º lugar, bem a frente do inglês. Nota: 7,0

:arrow: Coulthard: Devia estar com taaaaaaanta pressa que chegou a atropelar um carro, quase obrigando a entrada do safety car (o que eu adoraria ver naqueles momentos finais da corrida). Nota: 5,0
EU SOU RICAAAAAAAAAAAAA!!!
:eusourica:

Offline Idril

  • Administrador
  • ******
  • Mensagens: 5945
  • Avaliação de posts: +65535/-42314
  • Sexo: Feminino
    • Eu mesma!
Re: Fórmula 1 - Temporada 2007
« Responder #2 em: Abril 16, 2007, 11:04:23 »
2 - GP da Malásia, 08 de Abril

Acordar 10 minutos antes das 04:00 não foi fácil. O desertador do celular não foi suficiente pa me fazer levantar, mas foi o bastante pra mandar a mensagem de que a corrida estava pra começar pro meu subconsiente durante o meu sono: acordei durante um sonho engraçado com uma disputa de F1 mais bizarra ainda em Monaco. Enfim...

Não vou com a cara do circuito de Sepang. Acho um autódromo chato demais, sem pontos interessantes pra ultrapassagem, sem falar que ocorre num horário ingrato para nós, brasileiros. E foi uma corrida razoável, tirando a atuação de Lewis Hamilton, segundo colocado, se defendendo elegantemente dos ataques de Felipe Massa (que acabou num erro, custando algumas posições para o brasileiro).

Como eu detestei esse GP como um todo, ainda mais pelo fato do Alonso ter ganho (gente, eu não gosto muito dele... não é a mesma antipatia que eu sempre senti pelo Shumaccher e sua irritante mania de querer bradar a todo o custo e de qualquer maneira que ele era o melhor de todos.... aliás, o Alonso até que tem essa irritante mania de forma piorada, por sinal), não vou comentar mais nada sobre ele. Perdi boas horas de sono pra ver uma corrida boa no geral, mas irritante por não ter disputas na primeira fila.


3 - GP de Bahrein, 15 de Abril

Finalmente um GP rápido, com pontos de ultrpassagem e dificuldades interessantes a la jogos de video-game (areia na pista deixando-la suuuuuja :uhu:) e num horário excelente demais: 08:20! :dance2:

Sábado, no mesmo horário, acompanhei os treinos classificatórios, coisa que eu não fazia há séculos! E poxa, tinha até me esquecido como são diferentes a visão e a sensação que você têm ao assisitir um GP quando você assistiu também os treinos classificatórios... 90% do que ocorreu no treino ocorreu no GP também.

Felipe Massa venceu e venceu bem. Lewis Hamilton ficou logo atás, com a sua McLaren, orrendo muito bem e dando uma emoção a mais ao GP - coisa que não se via há um bom tempo, pois convenhamos que a Era Schumaccher foi a mais chata de todas com o alemão disparando na frente e sem termos campenatos tão interessantes, exceto em algumas ocasiões especiais.

O interessante foi ver que Raikonnen fez uma corrida meio xoxa, embora tenha sido muito melhor que o espanhol Fernando Alonso, que foi o grande fiasco do GP (carro pesado e lento demais). Achei de bom tamanho o terceiro lugar, não queria vê-lo na segunda posição para complicar a situação do Massa na pontuação do campeonato e dentro da Ferrari.

Um piloto que me chamou muito a atenção em Bahrein foi o alemão Nick Heidfeld, da BMW. Correu bem mais uma vez, aposto nele como quinto piloto a aparecer constantemente entre as 5 primeiras posições em todos os GP's e ainda aposto que ele poderá vencer algum GP ainda neste ano ( o que não vai ser surpresa alguma, pois a BMW Sauber é a equipe que possue o terceiro carro mais potente nesta temporada).

Jason Button ficou de fora e cada vez mais me faz ensar que a Honda deve estar arrependida de tê-lo colocado como primeiro piloto da equipe. Barrichelo, o azarão que sempre quebrou seus carros em qualquer equipe pela qual correu, se manteve mais uma vez firme e não tão forte assim do começo ao final. A Honda tem um carro péssimo em desempenho, que não alcança grandes resultados, mas pelo menos o brasileiro consegue levá-lo até o final das corridas, coisa que seu companheiro não consegue fazer nem que a rainha da Inglaterra decrete!

Agora, falando sobre a grandes cagada irritante que sempre ocorre num GP, existe um novato qe merece todo o destaque do dia neste quesito e o Prêmio Joinha F1: Davidson. PQP, o caro vê que o carro tá esfumaçando, jogando óleo na pista, e continua correndo! Deveria receber uma punição pra aprender que quando isso ocorre, numa distância enoooooooooooorme dos Boxes, é obrigatorio encostar o carro no primeiro lugar seguro que aparecer!!! :gotinha:

Sobre o trio italiano na F1 (Liuzzi, Fisichella e Trulli): dá pra fazer um filme pastelão com eles, embora todos os três sejam bons pilotos. Vejamos o porquê:

:arrow: Liuzzi insistiu tanto em levar seu "Toro Rosso" adiante que foi até engraçado ver que ninguém tinha parado nos boxes ainda pra fazer uma troca de neus e reabastecer, mas ele já tinhai do pra lá umas três vezes (quando o carro não ajuda em nada, é nisso que dá).
:arrow:Fisichella tem uma Renault estranha em mãos, que perdeu muita performance em relação ao modelo do ano passado (isso se deve muito a uso de pneus Bridgestone e, provavelmente, a aerodinâmica do carro). Porém, sabemos que ele já teve carros piores em mãos, o que não justifica muito o fato do italiano nunca ter mostrado porquê foi pra F1.
:arrow: Trulli continua sendo o italiano enjoado de ser ultrapassado. Com um carro lento, fez o favor de "organizar" mais uma vez uma fila atrás dele. E não, ninguém onseguia ultrpassá-lo porque ele simplesmente não deixa (ele sabe como dificultar bem as coisas e ao mesmo tempo que lembra Ayrton Senna e seu estilo "ou vai ou racha" na hora de fechar as portas pros adversários, ele lembra também um "vecchio signore" a guiar seu velho Fiat 147 com três Ferrari vindo logo atrás).

Bom, é isso! Taí um bom resuminho do que ocorreu neste GP e, com osei que ninguém vai comentar po**a alguma, vou parar por aqui mesmo. Até o GP da Espanha, então! :uhum:
EU SOU RICAAAAAAAAAAAAA!!!
:eusourica:

Offline Fëanor

  • I come from nowhere
  • Pastel Especial
  • *****
  • Mensagens: 1852
  • Avaliação de posts: +31/-41
  • Sexo: Masculino
  • Jazz From Hell
    • domus absurdum
Re: Fórmula 1 - Temporada 2007
« Responder #3 em: Abril 16, 2007, 02:37:39 »
Eu acabei não podendo assistir ao ultimo GP, mas foi bom que o massa venceu. Tô apostando nele esse ano.

A grande supresa, porém, é o Hamilton. O cara tá mandando muito, e tem um potencial absurdo.

Quanto ao GP da Malásia... bem, eu também assisti, e achei uma porcaria mesmo.